Marcel Duchamp (1887-1968)




A desconstrução da “arte de retina”. A desordem provoca o deslocamento estético assim como o valor utilitário das coisas.